Fototerapia com LED

O equipamento de LED utiliza dois princípios já consagrados na medicina, a FotoBioestimulação e a Terapia Fotodinâmica (PDT), para prover aos seus usuários os tratamentos mais modernos e seguros a base de luz.

A FotoBioestimulação se caracteriza pelo aumento do metabolismo celular. A radiação luminosa atua sobre as mitocôndrias, estimulando a síntese de ATP e, consequentemente, a síntese de proteínas, como colágenos e elastinas, contribuindo também com a divisão celular.

A Terapia Fotodinâmica (PDT) consiste em um processo fotoquímico dependente de uma substância fotossensibilizante e uma luz com comprimento de onda adequado para reagir com a substância em questão.

Temos 3 tipos de luz em LED: azul, vermelha e a infra-vermelha (diferente da ponteira NIR). Cada uma destas tem uma função mais específica.

Indicações:

  • Fotorejuvenescimento: atenuação de linhas e rugas finas, poros dilatados e melhora na textura da pele, principalmente devido aos efeitos da exposição solar (associado a terapia fotodinâmica)
  • Tratamento da Acne Ativa;
  • Terapia Fotodinâmica: tratamento de lesões pré-malignas não melanomas, como a ceratose actínica, doença de Bowen e carcinomas basocelulares.
  • FotoBioestimulação: Tratamento capilar (queda de cabelo, calvície), melhora de cicatrizações (pós peeling, pós laser, pós cirúrgicos - inclusive cirurgias plásticas, úlceras de perna), absorção de edemas;
  • Alívio de Dores.