FOTONA 4D

FOTONA 4D - A EVOLUÇÃO DO LASER

O aparelho promove um tratamento em 4D porque combina dois tipos de lasers, o ND Yag e o Erbium Yag. Juntas, essas tecnologias atuam na flacidez profunda. Melhoram o relevo, a textura e o contorno facial. A quarta dimensão é o tempo. O aparelho promove uma renovação celular e com isso consegue uma melhora da função tecidual a longo prazo. Utilizando 4 passos temos um tratamento mais global de rejuvenescimento tanto por fora como por dentro, tratando várias camadas e incômodos do paciente.
A inovação não pára por aí. Por conta das propriedades específicas deste Erbium não ablativo, podemos usá-lo dentro da boca. “Com isso, há um estímulo de colágeno de dentro para fora e os lábios ‘levantam’ quase imediatamente”, diz a dermatologista argentina Cláudia Pidal, que desenvolveu esta técnica e hoje faz palestras pelo mundo todo sobre o assunto. Este é o primeiro laser a ter esse efeito. A maioria dos aparelhos não atua na dobra nasolabial. E o tratamento é rápido, indolor e sem tempo de recuperação

Mini Lifting

O Fotona 4D age como um mini lifting porque o laser é aplicado também na raiz do couro cabeludo, por trás das orelhas e do pescoço. Como essas regiões têm mais colágeno, o estímulo na área é importante.
A sessão do Fotona 4D pode variar de 30 a 60 minutos e são indicadas três sessões. Os resultados costumam ser bastante duradouros. Pode ser feito em qualquer tipo de pele – inclusive morenas e negras.
Por não ser ablativo, pode ser feito inclusive no verão. O paciente não precisa de qualquer preparo específico prévio e pode retomar normalmente com sua rotina, seguindo as orientações pós-tratamento como o uso do protetor solar.