Você tem foliculite?

1175 visualizações
Foliculite de Barba

Foliculite de Barba

O que é

Foliculite é uma infecção de pele que se inicia nos folículos pilosos. Geralmente, é motivada por uma infecção bacteriana ou fúngica, mas também pode ser causada por vírus e, até mesmo, por uma inflamação de pelos encravados. A infecção se apresenta no formato de pequenas espinhas, de pontas brancas, em torno de um ou mais folículos pilosos. A maioria dos casos de foliculite é superficial, mas pode coçar e doer. Normalmente, a inflamação do pelo se cura sozinha, mas casos mais graves e recorrentes merecem atenção e tratamento com um dermatologista, pois podem levar a perda permanente do pelo e cicatrizes.

 

Sintomas

A foliculite pode ser superficial ou profunda. No primeiro caso, afeta apenas a parte superior do folículo piloso. Os sintomas são: surgimento de pequenas espinhas vermelhas, com ou sem pus; a pele pode ficar avermelhada e inflamada; coceira e sensibilidade na região. São raros os casos deste tipo de foliculite que causam complicações.

Quando a inflamação atinge áreas mais profundas da pele, pode haver a formação de furúnculos.  Os sintomas são: grandes áreas avermelhadas; lesões elevadas com pus amarelado no meio; as partes atingidas ficam muito sensíveis e doloridas; apresentando em alguns casos dor intensa. As chances de cicatrizes são maiores nesses casos, e pode haver destruição do folículo piloso.

Qualquer um pode desenvolver foliculite. Mas certos fatores tornam a pessoa mais suscetível à condição, incluindo: doenças que diminuem a imunidade (como diabetes), leucemia crônica e AIDS; apresentar acne ou dermatite; usar medicamentos, como cremes de corticóide ou terapia antibiótica em longo prazo e estar acima do peso, entre outros.

 

As causas mais comuns de dano folicular são:

  • Fricção do barbear ou roupas apertadas;
  • Calor e suor, como o causado pelo uso de luvas ou botas de borracha;
  • Certas condições da pele, como dermatites e acne;
  • Lesões na pele por arranhões ou feridas cirúrgicas;
  • Curativos de plástico ou fita adesiva em contato com áreas de pelo.

 

Prevenção

  • Manter a pele limpa, seca e livre de escoriações ou irritações pode ajudar a prevenir a foliculite.
  • Evitar lavagens antissépticas rotineiramente, pois deixam a pele seca e eliminam as bactérias protetoras.
  • Manter a pele hidratada.
  • Tomar cuidado ao fazer a barba, usar gel de barbear, espuma ou sabão para lubrificar as lâminas e evitar cortes.


Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia


Um dos tratamentos indicados para foliculite de barba é a depilação a laser.


Postado há
Escrito por


Novidades relacionadas

Quais são os tratamentos indicados para quem tem virilhas escuras?

O escurecimento das axilas e virilhas é uma queixa comum no consultório do Dermatologista. Uma série de fatores podem estar envolvidos no processo de escurecimento dessas regiões. O atrito da pele com as roupas, a depilação, a presença de fungos e bactérias nessas regiões, reações alérgicas, foliculites, sobrepeso ou obesidade e resistência insulínica são as causas mais comuns. Também pode haver influência genética em alguns casos. ...

Leia mais

Laser de CO2: conheça a nova arma para o rejuvenescimento vaginal

Para o rosto, ele é um dos lasers mais efetivos contra o envelhecimento. Agora, os poderes do CO2 se voltaram ao rejuvenescimento íntimo: o Femilift é a nova arma feminina para tratar a atrofia da vagina (um dos efeitos da passagem do tempo), melhorar a lubrificação e contrair as paredes vaginais (o que melhora o desempenho sexual). Ele ainda ajuda a tratar a incontinência urinária....

Leia mais

O Uso do Laser Para Tratamento de Varizes

Hoje em dia os tratamentos de varizes e vasinhos visam ser menos invasivos causando menos hematomas, menos dor e consequentemente a rápida recuperação do paciente com o melhor resultado estético possível para cada tipo de vaso, aliado a esta proposta temos duas opções de laser. ...

Leia mais


Novidades nas categorias



Novidades nos meses

(3)Julho de 2018

(2)Junho de 2018

(2)Abril de 2018

(3)Fevereiro de 2018

(2)Janeiro de 2018

(1)Dezembro de 2017

(4)Novembro de 2017

(4)Outubro de 2017

(3)Setembro de 2017

(5)Agosto de 2017

(2)Julho de 2017

(5)Abril de 2017

(9)Fevereiro de 2017

(4)Janeiro de 2017

(2)Novembro de 2016

(3)Setembro de 2016

(2)Julho de 2016

(12)Junho de 2016

(15)Maio de 2016

(1)Abril de 2016

(1)Março de 2016

(2)Fevereiro de 2016

(1)Janeiro de 2016

(11)Novembro de 2015

(8)Outubro de 2015

(2)Setembro de 2015

(6)Agosto de 2015

(12)Julho de 2015

(6)Junho de 2015

(1)Abril de 2015

(1)Janeiro de 2015

(1)Dezembro de 2014

(1)Novembro de 2014

(2)Novembro de 2013